Arquivo
Notícias

Chegamos ao final do 14º Curta 8  e durante esses 4 dias de festival tivemos maravilhosos momentos que só o Super 8 pode oferecer. Vários filmes, muitos cartuchos, rolinhos, e trocas de ideias mexendo com a plateia e com os realizadores. Exibimos mais de 50 filmes do Brasil e do mundo, todos rodados em SUPER 8! Recebemos diversos convidados, dentre realizadores daqui de Curitiba e de muitas outras cidades e estados. Esse ano exibimos a importante e fundamental mostra do cineasta Geneton Moraes Neto, pela primeira vez os filmes foram exibidos fora de Pernambuco. Revimos grandes destaques desses 10 anos de filmes rodados em Tomada Única especialmente para o festival. E nessa edição,  o Festival ofereceu o Troféu Super Ship, na noite de abertura,  para o queridíssimo e único Edgard Navarro que também teve uma mostra especial de sua obra em Super 8.

Ao final, o Júri, composto por Ana Farache, Flavio Rocha e Matias M. Gritti concedeu os seguintes prêmios:

1. Super Prêmio Juri Popular e Super Prêmio Artístico – VAMOS DANÇAR? de Charlie Noir, Clara Barbosa, Evelyn Santos, Giulia Murena, Joyce Cury, Larissa Souza e Renata Pegorer

“Pela abordagem de forma direta e delicada de uma relação amorosa e pela força justamente do depoimento do casal sobre o amor que os une em tanto tempo de relação.”

2. Super Prêmio Técnico – LET’S TAKE A WALK de Moira Lacowicz

“Pela colagem/montagem harmônica, com fusão de cores, paisagens e personagens que conversam em sintonia entre si, e pelo som que proporciona o clima emocional que as memórias familiares muitas vezes nos evocam.”

3. Super Filme Tomada Única – ENDOSCÓPIA de Lucas Mancini

“Pelo trabalho bem elaborado de roteiro, com atuações ensaiadas e atitudes precisas dos personagens, cujo som destaca-se como fundamental para o ritmo do desenrolar da ação.”

3. Super Prêmio Surpresa – STOP! I’M GONNA CUT MY HAIR de Lara Maria

“Pela precisão do trabalho fotográfico de foco e cores irretocáveis aliados à direção de arte que se destaca. Pela atuação e ritmo que orquestram um resultado de expressão artística elevada aliada a uma tocante performance de trilha sonora ao vivo,”

4. Super filme do Festival – f/f de Yasmin Rahmeier

“Pela firmeza na direção e execução que se destaca entre os demais filmes exibidos na competitiva do festival, pelas imagens de intensos e dramáticos movimentos e a sincronia com o som que proporcionam empatia imediata com o olhar do espectador”

5. Prêmio Extra de Digitalização – PX-4020 de Bruno José

 

 

Fotos: Eduardo Albano

Saiu a lista dos selecionados para a categoria “Filme Super 8 – Tomada Única (Independente)” do Curta 8. Parabéns ao selecionados e nosso muito obrigado a todos os inscritos. Agora é só filmar seus cartuchinhos e nos enviar até 22 de julho para que o festival envie para a revelação.

 

1 Alex Brandão (Direção) “Jamaica, Jamaica!

2 Elaine Stankivich (Direção) “Areia

3 Vitor Sawaf (Direção) “Na cinemateca de Berlin não tem isso”

4 Alejandro Gonzalez (Direção) “Histriones

5 Nicole Sourient (Direção) “Vengô

6 Úrsula Riesemberg (Direção) “Viver

Saiu a lista dos selecionados para a oficina de super 8 do Curta 8, que acontece nos dias 16 e 17 de junho, das 9:30 às 17:00 no espaço da Caixa Cultural Curitiba. Parabéns ao selecionados e nosso muito obrigado a todos os que se interessaram pela oficina, a procura foi grande. Aos selecionados, favor enviar até 14 de junho o nome completo, rg e cpf dos 2 participantes da equipe na oficina para o email curta8@curta8.com.br para liberar a entrada no edifício da Caixa Cultural (Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro)

 

1 Alice Alves (Direção) e Leani Ferrari (Equipe) “Le Chevalier

2 Douglas Shiozaki (Direção) e Ivan Souto (Equipe) “Selva de Cores

3 Yasmin Gabrielle Rahmeier Souza (Direção) e Gabriel Lobo (Equipe) “f/f

4 Bruno José (Direção) e João Pedro da Rosa (Equipe) “PX – 4020

5 Gabriel Lobo (Direção) e Vitória Galvão (Equipe) “Rei do Pano Verde

6 Mariana Boaventura (Direção) e Marina Ariano Gaio (Equipe) “Geia

7 Yan Nakamura (Direção) e Lydia Stiza (Equipe) “Vizinhança

8 Lucas Mancini  (Direção) e Vinicius Contiero (Equipe) “Endoscópia

9 José Escórcio (Direção) e Laisa Lima (Equipe) “Culpa

10 Giovana Martucci (Direção) e Israel Dali (Equipe) “ArarA

11 Stefano Lopes (Direção) e Vanessa Leal (Equipe) “Sucata

12 Vinicios Comoti (Direção) e Teia Werner (Equipe) “Me Tenham Enquanto Existo

13 Laysa Machado (Direção) e Guilherme Luis Lourenço Lourenço (Equipe) “A Maldita

14 Dudu Martini (Direção) e Luiz Coelho (Equipe) “Delírio

Estão abertas as inscrições para a Oficina de Super8 em Tomada Única na cidade de Curitiba/PR até o dia 31 de maio de 2018. As oficinas acontecerão em 16 e 17 de junho. Participe!

Inscrições e informações no site www.curta8.com.br

— 

Registration for the Super-8 Workshop (Single Take) in the city of Curitiba/PR until May 31st, 2018. The workshops will take place on June 16 and 17. Get Involved!

Registration in www.curta8.com.br

Están abiertas las inscripciones para El Taller de Super8 en Toma Única en la ciudad de Curitiba/PR hasta el 31 de mayo 2018. Los talleres se celebrarán los días 16 y 17 de junio. Únete!

Regístrate en www.curta8.com.br

Patrocínio: Caixa Cultural de Curitiba

Realização: Perfil Comunicação e Cultura

Produção: Processo MultiArtes

Após quatro dias de muito cinema super 8, chegou a fim na noite do último domingo mais uma edição, a 13ª, do CURTA 8 – Festival Internacional de Cinema Super 8 de Curitiba. Na edição deste ano foram mais exibidos 74 filmes, de oito países, divididos entre as mostras competitivas e as mostras especiais. Em 2017 o CURTA 8 homenageou o diretor de cinema e teatro Hugo Mengarelli, concedendo-lhe o o troféu “Super Schip”. Também tivemos as mostras “Irmã(o)s Wagner”, que apresentou um retrospectiva do trabalho desses premiados animadores curitibanos; “Ernesto Baca”, com filmes do realizador argentino que hoje vive no México; e “Ivan Cordeiro”, que exibiu os filmes do cineasta pernambucano que atualmente reside em Los Angeles.

Ao final, o Júri, composto pelos cineastas Ernesto Baca, Ivan Cordeiro e Rodrigo Souza e Souza concedeu os seguintes prêmios:

1. Menção Honrosa – Mar Oculto, de Heitor Menezes, do Brasil (RJ)

“Por sua economia, precisão, arte e mensagem, o Júri decidiu conceder uma Menção Honrosa ao filme “Mar Oculto”, de Heitor Menezes”

2. Super Prêmio Técnico – Pífies, de Ignacio Tamarit, da Argentina

“Pelo apuro na montagem, realizada originalmente de forma linear, ou seja, no próprio filme e pelo colírio métrico e visual, o Super Prêmio Técnico vai para “Pífies”, de Ignacio Tamarit”

3. Super Prêmio Artístico – Libertador, de Úrsula Riesemberg, do Brasil (PR)

“Por seu lirismo, leveza e o diálogo entre a natureza, o tempo e o vazio, o Super Prêmio Artístico vai para “Libertador”, de Úrsula Reisemberg”

4. Super Tomada Única – O Corte, de Alberto Eisenring, do Brasil (PR)

“Pela ousadia, domínio técnico, uso justificável do Super 8 em sua concepção e sua perseguição bem-humorada à metalinguagem, o Super Filme – Tomada Única é “O Corte” de Alberto Eisenring Jr.”

5. Super Prêmio Surpresa – Irmãs Wagner, do Brasil (PR)

“Pelo conjunto conceitual e impactante da obra e pelo primor técnico na execução, além do importante e impecável trabalho de restauro dos filmes, a organização do festival concede o Super Prêmio Surpresa para as Irmã(o)s Wagner.”

6. Super Filme do Público – Lembranza, de Al Díaz, da Espanha

7. Super Filme do Festival – Ressuscita-me, do Coletivo Atos da Mooca, do Brasil (SP)

“Pelo primor tanto técnico, como artístico, que utiliza das mais variadas referências cinematográficas vanguardistas à serviço de um vislumbre em Super 8, o Super Filme do Festival é “Ressuscita-me”, do Coletivo Atos da Mooca.”

Fotos: Flávia Wolfart

  1. Hanoi, Old Quarter (Priscyla Bettim, BRASIL, 2017)
  2. Ce petit monde des insects – part 3 (Roger Batteault, FRANÇA, 2016)
  3. Arqueologia Etílica (Maurício Vincenzi, BRASIL, 2017)
  4. Quando o Caminho do Peixe é uma Escolha (Yudji Oliveira, BRASIL, 2017)
  1. Crepúsculo do grão (Leonardo Esteves, BRASIL, 2017)
  2. Mar Oculto (Heitor Menezes, BRASIL, 2017)
  3. Teresa (Tânia Dinis, PORTUGAL, 2017)
  4. TRiplete PLástico (Ignacio Tamarit, ARGENTINA, 2015)
  5. Volčja Ura (Natalia Lucía, ESPANHA, 2017)
  6. Neon (Azucena Losana, ARGENTINA, 2015)
  7. Infancia Intervenida (Ana Villanueva, ARGENTINA, 2016)
  8. ¡Pífies! (Ignacio Tamarit, ARGENTINA, 2016)
  9. Contrition (Eoghan O’Reilly, IRLANDA, 2017)
  10. The Golden Hour (Ross Meckfessel, ESTADOS UNIDOS, 2015)
  11. Fora Temer (Priscyla Bettim, BRASIL, 2016)
  12. Ressuscita-me (Renato Coelho e Caio Lazaneo, BRASIL, 2017)
  13. Lembranza (Alicia Albares, ESPANHA, 2017)
  14. A diptych investigation on super8: ob-literation & …nothing personal… (Maurício Vincenzi, INGLATERRA, 2017)

Saiu a lista dos selecionados para a categoria Tomada Única (Independente) do Curta 8. Parabéns ao selecionados e nossos agradecimentos a todos os inscritos.

 

  1. Mateus Almeida:  “Superfície”
  2. Moira Lacowicz e Bruna Costa: “Sudoeste”
  3. Rodrigo Freitas: “Recuerdo”
  4. Bezerra Benites: “Quando a palavra não é mais que uma imagem dura”
  5. Maria Mion: “Uso interno”
  6. Luciane Carvalho: “sonho_03”
  7. Elaine Stankiwich: “Elisa”
  8. Alexandre de Moraes: “Cemitério de passarinho”

Saiu a lista dos selecionados para a oficina de super 8 do Curta 8, que acontece nos dias 8 e 9 de julho no espaço da Caixa Cultural Curitiba. Parabéns ao selecionados e nosso muito obrigado a todos os que se interessaram pela oficina, a procura foi grande.

  1. Bezerra Benites:  “Etrusca Waters em: O Tombamento da Republiqueta”
  2. Walter Thoms: “Ninguém Te Diz Como Será”
  3. Alberto Eisenring JR.: “Tomada”
  4. Alexandre Spiacci: “Dona Ida”
  5. Angelo Brum: “Procurando Pinóquio”
  6. Marco A R F Santos: “Ninjas”
  7. Francisco Boeing: “Sobre Fazer Um Filme”
  8. Bruno Bello: “O Mágico”
  9. João Paulo S A Oliveira: “Missa”
  10. Úrsula Riesemberg: “Libertador”
  11. Lara Maria: “mono no aware”
  12. Amanda Lafayette e Beatriz Oliveira: “Café sem fim”
  13. Raquel Ribeiro: “O artista da fome”
  14. Lydia Stiza: “Parassônia”
  15. Bianca Sayuri Ono: “Delírio de Sayuri”
  16. Camila Sailer Kletemberg “Não recomendado”

//

SUPER SCHIP

Em homenagem ao legado de Leandro Bossy Schip, criador do Curta 8, o Festival ofereceu o primeiro troféu SUPER SCHIP à família dele!

//

SUPER PRÊMIO TÉCNICO

“RUÍNA”, de Vitor Sawaf, “pela dificuldade técnica e pela ousadia na metalinguagem”.

//

SUPER PRÊMIO ARTÍSTICO

“CHAPADEIRO”, de Matheus Almeida da Silva, “pela poética, performance e pela singela sonorização, suficientes para estabelecer o diálogo entre a imagem e o som”.

//

SUPER FILME – TOMADA ÚNICA

“MONTEVERDE, de Lígia Teixeira e Francisco Gusso, “pelo uso certeiro do gatilho – que ajuda a criar o clima estranho pretendido -, pelo uso do humor e dos artifícios cinematográficos”.

//

SUPER FILME DO FESTIVAL

“INSOMNIA”, de Ernesto Baca, “pela angústia do tempo que não passa, pelas intervenções e sobreposições que retratam os fragmentos da memória. Esses elementos todos ajudam a criar uma atmosfera enigmática”.

//

SUPER FILME – JÚRI POPULAR

“AMATERASU”, de Kyka Gasparian.

//

SUPER PRÊMIO SURPRESA

LUCAS VEGA, projecionista do Curta 8 desde sua primeira edição, ”pelo conjunto da obra, da vida e da arte, pela paixão pelo super 8, pelos anos de dedicação e pela sua tocante e visceral performance de homenagem”.