Premiados – Edição 2016

// SUPER SCHIP Em homenagem ao legado de Leandro Bossy Schip, criador do Curta 8, o Festival ofereceu o primeiro troféu SUPER SCHIP à família dele! // SUPER PRÊMIO TÉCNICO para “RUÍNA”, de Vitor Sawaf, “pela dificuldade técnica e pela ousadia na metalinguagem”. // SUPER PRÊMIO ARTÍSTICO para “CHAPADEIRO”, de Matheus Almeida da Silva, “pela poética, performance e pela singela sonorização, suficientes para estabelecer o diálogo entre a imagem e o som”. // SUPER FILME – TOMADA ÚNICA para “MONTEVERDE, de Lígia Teixeira e Francisco Gusso, “pelo uso certeiro do gatilho – que ajuda a criar o clima estranho pretendido -, pelo uso do humor e dos artifícios cinematográficos”. // SUPER FILME DO FESTIVAL para “INSOMNIA”, de Ernesto Baca, “pela angústia do tempo que não passa, pelas intervenções e sobreposições que retratam os fragmentos da memória. Esses elementos todos ajudam a criar uma atmosfera enigmática”. // SUPER FILME – JÚRI POPULAR para “AMATERASU”, de Kyka Gasparian. // SUPER PRÊMIO SURPRESA para LUCAS VEGA, projecionista do Curta 8 desde sua primeira edição, “pelo conjunto da obra, da vida e da arte, pela paixão pelo super 8”.